Livro: O Milagre – Apenas um milagre poderia fazê-lo se apaixonar

Autor: Nicholas Sparks

Editora: Agir

Páginas: 326

  Sinopse: O Milagre – No livro “O milagre”O-Milagre de Nicholas Sparks, conta uma  historia de    Jeremy Marsh um respeitado jornalista que não consegue  emplacar um relacionamento  afetivo que o faça feliz. Acostumado a viajar  pelo mundo à cata de lendas urbanas,  Jeremy parte em direção a uma  cidadezinha do sul dos Estados Unidos para investigar  as misteriosas luzes  de um antigo cemitério escravo que teria sido alvo de uma  maldição.
Lá ele conhece a bela Lexie Damell, que irá ajudá-lo em sua fantasmagórica  missão.  Prestes a descobrir um segredo que poderá abalar os alicerces da  comunidade, esse  implacável destruidor de mitos terá de se confrontar com  o único fenômeno que  considera genuinamente misterioso e sobrenatural:  uma paixão.
Falando dos riscos que devemos correr e dos caminhos ditados pelo  coração, O milagre  fará com que você também acredite no amor”.

Nicholas Sparks é um dos meus autores preferidos. E geralmente quando alguém me pergunta qual é meu autor preferido eu não consigo me lembrar de nenhum outro a não ser ele. Isso que ainda não li nem metade dos livros que ele escreveu… hehehe

Mas ao mesmo tempo que sou apaixonada pelas histórias que ele escreve (ainda não li nenhum livro que não tenha gostado), depois de já ter passado por 2, 3 ou mais romances dele fica praticamente impossível não adivinhar o que virá pela frente quando você pega um novo. Pelo menos comigo é assim, e com O Milagre não foi diferente.

De qualquer forma não estou aqui para falar o que eu penso ou não das histórias dele no geral, até porque eu AMEI todos os livros que li dele, e os filmes gostei tanto quando. Porém uma fato que aconteceu quando terminei de ler esse livro em especial me deixou um pouco “chocada” digamos assim. Eu não chorei. Nenhuma lágrima. Sempre choro nos livros dele, acho que talvez nesse tenha faltado um pouco mais de emoção, de repente.

Mas mesmo sem derramar uma lágrima seque eu me apaixonei pela história. Não sei porque mas esse era um dos livros dele que eu ainda não li, e não estava na minha estante do Skoob na área de “quero ler”, não entendi porque, talvez eu não tenha gostado do nome e resolvi que não leria ele, mas como no momento eu estava querendo justamente algum livro dele para ler e esse era o disponível na biblioteca foi o que acabei pegando emprestado.

E eu me apaixonei pela história, achei incrível mesmo, e gostei que além do romance propriamente dito, esse livro tem várias passagens engraçadas.

Em O Milagre, Nicholas narra a história de Lexie, uma mulher de 31 anos, que mora numa cidade do interior da Carolina do Norte e que mesmo às vezes se sentido um pouco solitária, está muito bem, feliz e não pretende sair da sua cidade natal onde mora perto da sua avó Doris.

Jeremy Marsh é um jornalista de New York, que está acostumado a circular entre a elite da mídia, e a sua especialidade é desvendar mitos sobrenaturais e desmascarar pessoas que dizem ser médium ou coisa parecida. Por causa da coluna que ele escreve para a Scientific American ele acaba recebendo uma carta de Doris solicitando que ele vá até Boone Creek desvendar a lenda de que o cemitério Ceedar Creek era mal assombrado.

No fim das contas ele acaba indo para a pequena cidadezinha do outro lado do país para desvendar os mistérios sobre os fantasmas que habitavam Ceedar Creek e a partir daí começa acontecer todo o desdobramento da história. Que na minha opinião ficou muito bonita e engraçada.

Você pode comprar o E-book AQUI ou o livro AQUI

Passagens do livro:

“Mas uma relação não deveria ser exatamente isso? Uma relação? Com ambos os parceiros fazendo tudo o que estivesse à seu alcance para manter o outro satisfeito?

Veja, esse era o problema enfrentado por muitos casais que ela conhecia. Em qualquer casamento, era preciso equilibrar delicadamente o que você gostaria de fazer e o que o seu companheiro gostaria de fazer, e enquanto o marido ou a mulher estivessem fazendo o que o outro queria, nunca havia problema. Os problemas surgiam
quando as pessoas começavam a fazer o que queriam sem se importar com o outro.”

“Quando as pessoas se importavam umas com as outras, sempre encontravam um jeito de fazer as coisas darem
certo.”

Há um bom tempo eu não me prendia tanto a um livro como aconteceu com esse, e a um bom tempo que eu não devorava um livro tão rapidamente.

Se você gosta do Nicholas Sparks acredito que com certeza irá gostar dessa história também. Se você acha que os livros dele são todos iguais (como já me falaram), bom, esse não será diferente. Eu recomendo, gostei bastante.

Aguardo ansiosamente para que vire filme.

Até a próxima

Resenha: O Milagre
Classificado como:                                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *