Olá, pessoas! Todos bem?

Hoje vim aqui só para contar um pouquinho para vocês o que está acontecendo na minha vida ultimamente, e consequentemente, dizendo o porque – novamente – eu sumi hehe.

Durante a minha vida tive várias fases em que eu pensava “Meu Deus, eu preciso de mais algumas horas no meu dia para conseguir fazer tudo o que eu preciso fazer, porque o dia tem só 24 horas?”. Aconteceu com mais frequência durante a faculdade, depois algumas vezes quando tinha muito trabalho ao mesmo tempo no serviço. E agora estou em mais uma dessas fases loucas da vida, em que acontece tudo ao mesmo tempo agora.

Mas agora está sendo totalmente diferente, nunca na minha vida eu me senti tão feliz. Nunca na minha vida eu tive muitas coisas ótimas acontecendo ao mesmo tempo, em sincronia, que parece até mentira! Claro que tive muitos momentos ótimos no decorrer desses meus 24 anos e meio, vivi momentos incríveis que guardo com carinho, mas se eu pudesse escolher um período da minha vida para dizer que foi o melhor, escolheria o momento de agora.

Como falei na postagem anterior, voltei para Santa Catarina, e confesso que quando decidi voltar e comecei a arrumar minha mudança eu estava com o pé atrás e em vários dias me perguntava se não iria me arrepender dessa decisão. Porque eu gostava de morar no RS, passei por alguns perrengues por lá, mas isso não fez com que eu gostasse menos ou tivesse vontade de voltar, não, pelo contrário, tudo que vivi nesses quase 3 anos fizeram maravilhosamente bem para o meu crescimento pessoal, profissional e acadêmico. Me orgulho, não me arrependo. E por amar tanto Porto Alegre, e por ter ido embora de Blumenau em um período em que minha vida não estava lá grandes coisas, eu tinha esse medo de voltar.

Mas desde o dia em que cheguei, sinto que tomei a decisão certa. No momento certo. As coisas estão indo maravilhosamente bem e fico muito feliz por isso.

Quase não faço postagens pessoais por aqui, mas como estou sumida resolvi dar outro parecer para vocês, pois estou com saudades do blog, de escrever e tudo o mais. Só que minha vida está uma loucura e tem sobrado muito pouco tempo. Como meu Mestrado é Balneário Camboriú, todo o meu tempo livre de segunda a quinta eu estou passando dentro de um ônibus indo e vindo da Universidade. Nas sextas comecei a fazer inglês. E como comentei na postagem anterior também, a minha mudança não foi totalmente desfeita ainda, então meu tempo livre de sábado e domingo eu tenho revezado entre arrumar minhas coisas, “reformar” meu quarto e estudar. Ah! E ter um pouco de vida social também porque não sou de ferro. Tá difícil! kkkkk.

Mas estou procurando alternativas para melhorar isso até o final do mês, no mais tardar no mês que vem e em breve terei um pouco mais de tempo livre para poder me dedicar ao blog também, sem deixar minhas atividades do Mestrado e do inglês para trás.

por-quc3aa-decidi-fazer-um-mestrado-online

Fonte da imagem

Acho que para semana que vem ou na outra eu já consigo me programar para escrever algumas das resenhas que estão atrasadas, tem alguns filmes que pretendo escrever também. Vou procurar alguns outros temas para abordar aqui, pois o tempo está curto e não sei se vai sobrar tempo para ler muito hahaha. Pelo menos livros que não estão entre a minha nova área acadêmica.

Enfim, mais uma vez desculpem a ausência, mas está sendo necessário na minha vida no momento. Em breve eu volto!

Beijo, beijo e ótimo final de semana para todos.

Porquê o dia só tem 24h?
Classificado como:            

Uma ideia sobre “Porquê o dia só tem 24h?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *