Livro: ANSIEDADE – Como enfrentar o mal do século
Autor: Augusto Cury
Páginas: 160
Editora: Saraiva

augusto-cury-ansiedade-o-mal-do-seculo

Sinopse: Você sofre por antecipação? Acorda cansado? Não tolera trabalhar com pessoas lentas? Tem dores de cabeça ou muscular? Esquece-se das coisas com facilidade? Se você respondeu “sim” a alguma dessas questões, é bem provável que sofra da Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA). Considerada pelo psiquiatra Augusto Cury como o novo mal do século, suplantando a depressão, ela acomete grande parte da população mundial. Neste livro, você entenderá como funciona a mente humana para ser capaz de desacelerar seu pensamento, gerir sua emoção de maneira eficaz e resgatar sua qualidade de vida.

4 estrelas
Olá, pessoas, tudo bem?

Hoje vou resenhar um livro que li essa semana e que eu estava com vontade de ler a muuuito tempo, mas ainda não tinha conseguido. Descobri que minha colega do trabalho tinha e pedi emprestado.
Confesso que todas as vezes que vi a capa desse livro na internet imagina um livro maior hehehe. Mas ele é muito curtinho!

augusto-cury-ansiedade
O Augusto Cury além de escritor, é psiquiatra e psicoterapeuta também e ele tem se dedicado a estudar o que ele chama de mal do século: a ansiedade.
Na verdade um dos maiores maus do século é a depressão, que mata milhões de pessoas por ano, mas segundo o autor a ansiedade está se tornando o maior mal, e que infelizmente as pessoas não estão se dando conta disso e os médicos também não estão dando a devida importância para esse fato.
Com tanta tecnologia e correria no dia a dia das pessoas, quase ninguém consegue “viver em paz” devido a SPA, denominada por Cury de Síndrome do Pensamento Acelerado, o que acaba causando ansiedade na maioria das pessoas.
No livro ele conta alguns casos de conversas que teve com pessoas e alunos sobre o assunto, e comenta também sobre palestras que ele ministra aqui e fora do Brasil falando sobre o assunto e explica como tudo isso acontece na nossa mente.
A verdade é que a ansiedade nada mais é do que a nossa própria mente nos sabotando, através de janelas killer (partes da nossa mente que são ativadas quando estamos em situação de risco, medo e afins) e que não deixam o nosso Eu no controle.

Queria conseguir escrever um pouco mais sobre assuntos que ele aborda no livro, mas como ele é um pouco “técnico” tenho receio de acabar falando coisas que não sei explicar direito e não sejam exatamente o que ele quer dizer por eu não estar totalmente familiarizada com os termos psiquiátricos.

Eu achei o livro bem interessante, mas também achei que algumas partes ficaram um pouco confusas para pessoas que são mais leigas na área psiquiátrica, principalmente porque no início do livro ele cita que a ideia era ser um livro acessível para qualquer tipo de pessoa. E na minha humilde opinião, acho que o livro podia ser maior, assunto não falta e acredito que ele poderia ter deixado o livro muito mais rico se tivesse escrito mais.
Mas como eu tenho problemas de ansiedade generalizada (TAG), achei interessante saber um pouco de como tudo isso funciona dentro da nossa mente, apesar de não ter compreendido direito como fazer para editar as minhas janelas killer para parar de me autosabotar hahaha. Sorte que com o passar do tempo aprendi a controlar um pouco a minha ansiedade sem terapia (apesar de sentir falta) e sem medicação. Então acredito que mais pessoas também sejam capazes se conseguir.

O livro é bem interessante e eu recomendo. Não dei 5 estrelas porque como falei ali em cima, o tema é muito rico e ele poderia ter escrito mais.

Beijos e bom restinho de feriado 🙂

 

ONDE ENCONTRAR O LIVRO?
Amazon
Submarino
Saraiva (está em promoção)
Resenha: Ansiedade – Como enfrentar o mal do século

4 ideias sobre “Resenha: Ansiedade – Como enfrentar o mal do século

  • 3 de novembro de 2015 em 17:04
    Permalink

    Deve ser preconceito meu, mas sempre associo o Augusto Cury ao gênero auto-ajuda, por isso nunca tive vontade de ler… Mas bem que preciso deste para ver se controlo minha ansiedade…
    Beijos, fiquei feliz com a visita no meu blog 🙂

    Resposta
    • 3 de novembro de 2015 em 17:49
      Permalink

      Pois é, ele escreve livros de auto-ajuda também e depois que li um deles, acabei ficando um pouco com o pé atrás, mas ele é muito inteligente e escreve bem. Tenho outro dele em casa que ainda não tinha criado coragem de ler, justamente pelo preconceito que tu também tens hahaha. Agora depois desse me animei um pouco em ler aquele.
      beijos

      Resposta
  • 3 de novembro de 2015 em 22:38
    Permalink

    Sou ansioso também, como muitos, sei meus medos, mas falta aquele primeiro passo para resolver meus problemas, que vez que outra dou, mas nem sempre. Beijos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *