Olá, pessoas! Como estão?

Finalmente consegui sentar um pouco para colocar algumas resenhas em dia. Então essa semana teremos duas postagens conforme eu havia prometido, e acredito que agora conseguirei manter o cronograma! 😀

A resenha de hoje é do livro Extraordinário, da R. J. Palacio, um livro que achei sensacional. Um dos últimos que li antes da minha mudança.

resenha-extraordinario-r j palacio

Extraordinário conta a história de August, um garoto de 10 anos que nasceu com uma anomalia facial e que após muitas cirurgias, ainda não ficou com o rosto de uma maneira “aceitável” pela sociedade.

Ausgust sofreu bastante durante boa parte de sua vida, tanto em relação às suas cirurgias – algumas bem agressivas – quanto psicologicamente, por causa do preconceito e a reação das pessoas quando o viam. Mas por ser criança, seus pais e sua irmã faziam o possível e o impossível para mantê-lo longe das crianças “malvadas”.

Até que chegou o momento de ele finalmente ser matriculado em uma escola de verdade. Até então sua mãe o ensinava em casa.

Ao mesmo tempo em que ficou feliz, August ficou com medo, pois tinha consciência de que sua aparência causava desconforto tanto em crianças como em adultos, apesar de não entender muito bem porque isso acontecia.

August passou por momentos bem difíceis na escola, mas no decorrer da narrativa notamos o crescimento do personagem e sua persistência para não deixar se abater. Tinha a sorte de ter pais espetaculares, que apesar de super protegê-lo, o amavam muito e davam suporte para seu sofrimento. Além de ter o apoio de sua irmã, Via, que também o amava muito e se importava com seus sentimentos. Na escola ele conseguiu conquistar dois grandes amigos, Jack e Summer, que se tornaram peças muito importantes em sua vida.

Pode parecer clichê falar isso, mas Extraordinário é: Extraordinário. Já havia visto esse livro em vários blogs e nos skoobs a bastante tempo mas nunca tinha lido. Por quê eu não li esse livro antes????

Essa história, na minha opinião, deveria ser acrescentada nas leituras obrigatórias do Ensino Fundamental (Ensino Fundamental tem leitura obrigatória? Agora não lembro mais…), junto com o livro Os 13 Porquês. Porque são narrativas muito bem construídas que conseguem transmitir o quanto o que falamos e fazemos para as outras pessoas pode afetar tanto positivamente, quanto – e principalmente – negativamente, a vida de alguém. Talvez esses livros ajudasse a transformar as crianças de hoje em adultos melhores, pessoas com mais empatia, porque eu fico triste quando paro para pensar onde esse mundo vai parar… Mas isso já é outro assunto.

Leitura mais do que recomendada.

Passagens do livro:

“Preceito de Setembro do Sr. Browne: Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.”

“Ainda bem que só durou um segundo: no momento em que ouvi a risadinha estridente de August, tudo acabou. Tudo voltou a ser como antes. Mas aquilo tinha aberto uma porta. um pequeno olho mágico. E do outro lado haviam dois Augusts: o que eu enxergava cegamente e o que as outras pessoas viam.”

“Você é lindo, não importa o que digam. Palavras não podem derrubá-lo. Você é lindo de todas as formas. Sim, palavras não podem derrubá-lo. (Christina Aguilera – Beautiful)”

“- Jack, às vezes magoamos as pessoas sem querer. Endente?”

“Agora, pensando bem, não sei por que fiquei tão estressado com isso. É engraçado como às vezes nos preocupamos muito com uma coisa e ela acaba não sendo nem um pouco importante.”

“- Mas a melhor maneira de medir quanto vocês cresceram não é por centímetros, nem por quantas voltas conseguem dar na pista, ou mesmo por sua média de notas, embora essas coisas, sem dúvida, sejam importantes. A melhor medida é o que vocês fizeram com o seu tempo, como escolheram passar os dias e quem cativaram. Para mim, essa é a melhor medida do sucesso. (…) – “Vamos criar uma nova regra de vida… sempre tentar ser um pouco mais gentil que o necessário?”
– Coragem. Bondade. Amizade. Caráter. Essas são as qualidades que nos definem como seres humanos e acabam por nos conduzir à grandeza. (…) – “A grandeza”, escreveu Beecher, “não está em ser forte, mas no uso correto da força… Grande é aquele cuja força conquista mais corações…”

“Agora, esse é o meu segredo. É muito simples. Só se pode enxergar direito com o coração. O essencial é invisível aos olhos. (O pequeno príncipe – Antoine de Saint-Exupéry).”

Você pode comprar o livro nos sites:

Boa semana!

Beijos

Resenha: Extraordinário
Classificado como:                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *