Olá, pessoas, tudo bem?

Hoje vou resenhar mais um livro sobre finanças. Não sei se vocês gostam muito desse tipo de livro, mas como eu gosto bastante resolvi compartilhar com vocês sempre que gostar de um.

Tenho vários livros relacionados ao tema que ainda gostaria de ler, mas confesso que esse eu nunca tinha visto em nenhuma das listas com indicações, pelo menos não que eu me recorde. De qualquer forma, resolvi ler porque aprendizado nunca é demais.

resenha-o-homem-mais-rico-da-babilonia

Eu achei o livro muito interessante, mas no início não estava gostando muito, acredito que tenha sido por se tratar de um povo antigo e isso acabou me causando uma certa estranheza no início da leitura, mas depois fui me acostumando e gostando bastante. Basicamente todos os ensinamentos apresentados eu já havia lido em outros livros sobre o assunto mas eu gostei da maneira como foi contado.

O livro apresenta os ensinamentos do povo extinto da Babilônia em pequenas histórias. Cada história conta uma lição e podemos perceber também o quanto cada um dos “passos” ajudou as pessoas a se tornarem prósperas.

A Babilônia era a cidade mais rica do mundo e com o seu povo podemos aprender muito sobre finanças. Aprenda como acumular riqueza, solucionar alguns problemas financeiros, como evitar a falta de dinheiro e principalmente como evitar o desperdício de dinheiro.

Mas o que achei mais interessante, além das soluções financeiras apresentadas, foi o comprometimento de cada um dos personagens do livro. Digo isso porque várias pessoas leram/viram O Segredo e achavam que era só ficar sentado mentalizando as coisas que desejava que elas iriam acontecer, e bom, nós sabemos que não é bem assim que acontece.

Os personagens se comprometiam a se tornarem ricos e com esse comprometimento logo eles partiam para ação, porque sabiam que suas dividas não iam diminuir se ficassem sentados esperando, muito pelo contrário. E a partir desse momento aos poucos eles iam se livrando das dívidas, mudando de vida, enriquecendo e dando uma vida melhor para suas famílias e depois, seguiam compartilhando seus aprendizados com todos que tivessem o mesmo desejo de prosperar.

Gostei bastante do livro e recomendo para quem quiser se aventurar um pouco no mundo financeiro, seja para aprender ou para tentar mudar de vida. O livro é curtinho e a leitura é rápida.

E vocês, já leram?

Beijos

Frases do livro:

O espírito da procrastinação está dentro de todos os homens. Queremos ser ricos, mas, sempre que a oportunidade aparece diante de nós, esse espírito de procrastinação nos incita, com o nosso próprio consentimento, a adiar as coisas.

“O desejo é a condição para a realização. Os desejos devem ser fortes e definidos.”

“A boa sorte pode ser atraída desde que estejamos atentos às oportunidades”.

Você pode comprar o livro nos sites:

Amazon

Americanas

Saraiva

Submarino

Resenha: O Homem mais rico da Babilônia
Classificado como:                                        

3 ideias sobre “Resenha: O Homem mais rico da Babilônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *