Livro: O Papai é Pop!

Autor: Marcos Piangers

Páginas: 112

Editora: Belas Letras

 

download

Sinopse: O Papai é pop – Então, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço pra criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. No fundo, o que importa mesmo, como os textos divertidos e emocionantes de Papai é Pop mostram, é você estar com seus filhos, não pensando em outra coisa, mas estar lá. De verdade.

Conheci o Piangers em 2008, se eu não me engano, um pouco antes do Pretinho Básico, estourar em Santa Catarina (já era sucesso no Rio Grande do Sul). Para quem não conhece o Pretinho Básico é um programa transmitido de segunda a sexta (as 13h e as 18h) pela Rede Atlântida, uma emissora de rádio FM do RS e SC.

Logo que o programa passou a ser transmitido em SC eu não gosta, achava eles um chatos que ficavam 1 hora na rádio falando besteira. Mas um tempo depois virei fã e sempre ouvia os programas quando conseguia. Em seguida eles transformaram o programa em espetáculo e passaram a fazer a Balada do Pretinho em várias cidades do Sul. Devo ter assistido umas 10 vezes.

Enfim, entre todos os radialistas o Piangers sempre foi meu preferido. O mais engraçado e o que eu mais me identifico. Acho engraçado porque ele é o catarinense “perdido” entre os gaúchos do programa e agora que moro no RS muitas vezes me sinto “perdida” entre os gaúchos também.

Já tive a oportunidade de conversar com ele várias vezes e ele sempre foi atencioso e querido, inclusive sempre admirei a memória que ele tem, de sempre me reconhecer. E sempre citar a “situação” mais improvável, que é de um dos primeiros dias que conversamos. E até a última vez que nos encontramos, acho que a uns 2 anos atrás, ele ainda se lembrava de mim e ainda fazia referencia ao dia que nos conhecemos. Acho isso muito legal!

Mas estou aqui para falar do livro que ele lançou recentemente, O Papai é Pop. Li essa semana e achei muito fofo! Confesso que mesmo conhecendo ele, acompanhando o seu trabalho na rádio e às vezes na TV, e também acompanhando ele em algumas redes sociais (Twitter, Instagram e Facebook), não imaginava que ele fosse tão carinhoso com as filhas dele.

Geralmente quando a pessoa trabalha bastante temos a impressão que não dão muita bola para a família, e isso até muitas vezes acontece, mas não é o caso dele. O Piangers é um pai muito legal, atencioso, carinhoso e faz de tudo para poder aproveitar o tempo que tem com suas duas filhas: Anita, de oito anos e Aurora, de dois anos.

A leitura é rápida e agradável, trata-se de uma compilação de textos e mini histórias que aconteceram com eles. Tem várias partes engraçadas e é impossível não sorrir com a leitura. O livro é muito fofo e além das histórinhas têm vários desenhos legais entre um texto e outro.

Você pode comprar o livro AQUI (está em promoção)

o papai épop

Vale a leitura! 🙂

Beijos

Resenha: O Papai é Pop
Classificado como:                                        

2 ideias sobre “Resenha: O Papai é Pop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *