Olá, pessoas! Tudo bem?

Eu tinha prometido que faria a resenha desse livro no final do ano passado, mas no fim eu fui fazendo outras resenhas e esqueci completamente desse livro. Foi um dos últimos livros que li em 2015 e vou resenhar hoje 🙂

Como já falei anteriormente, faz uns 3 anos que comecei a pesquisar e estudar o mundo das finanças e do empreendedorismo, e esse é um dos livros mais citados por todas as pessoas que eu acompanho que falam sobre o assunto, então a minha expectativa em relação à ele era grande.

resenha-os-segredos-da-mente-milionaria

T. Harv Eker afirma (e eu acredito bastante nisso) que nosso cérebro é programado para ser rico ou pobre. Se atualmente você é pobre e vive cheio de dívidas, sinto muito, mas seu cérebro foi programado para deixá-lo nessa situação desagradável e se você não reprogramá-lo, as chances de sua vida melhorar são bem pequenas.

Não apenas esse autor, mas vários outros afirmam que só é rico quem consegue programar seu cérebro para tal. Na maioria das vezes as pessoas nem sabem que seu cérebro está programado para ter uma mentalidade pobre, mas a verdade é que infelizmente essa “ideia” vai crescendo junto conosco desde quando somos jovens. Porque se pararmos para analisar, desde pequenos vemos muitas pessoas criticando os ricos, falando que só é rico quem rouba, ou que rico só passa a perna nos outros, é muito difícil encontrarmos alguém que elogie os ricos, não é verdade?

Pois é, com essas pequenas declarações diárias, nosso cérebro se programa para odiar pessoas ricas e com isso nos deixa com uma mentalidade pobre, porque como vamos ser algo que não gostamos? E é basicamente isso que o autor fala no livro, sobre como podemos reprogramar nosso cérebro para fazer com que ele trabalhe ao nosso favor. Nas palavras dele:

Fomos ensinados a pensar e agir de determinada maneira no que se refere ao dinheiro. Esses ensinamentos se transformaram no condicionamento, que são todas as respostas automáticas que nos conduzem ao longo da vida.

No livro ele apresenta 17 modos de pensar e agir que distinguem os pobres dos ricos e ajuda a reprogramarmos nosso cérebro. Além de dar algumas dicas sobre finanças.

Eu gostei bastante do livro, para mim foi muito útil, e eu gosto de ler sobre o assunto. Talvez quem não é muito chegado nesse tipo de livro não goste tanto, eu recomendo. O livro é curtindo e a leitura é super rápida, além de ter uma linguagem bem simples, o que facilita bastante.

Frases do livro:

O fato é que o seu caráter, o seu pensamento e as suas crenças são os fatores que determinam o seu grau de sucesso.

Como disse o meu amigo e escritor Robert G. Allen num dos meus seminários: “Nenhum pensamento mora de graça na cabeça de ninguém – todos eles são investimentos ou custos. Ou levam a pessoa na direção da felicidade e do sucesso ou a afastam dessas duas coisas – ou a fortalecem ou a enfraquecem.

E vocês já leram esse livro? Gostaram?

Beijos

Você pode comprar o livro nos sites:

Amazon

Americanas

Saraiva

Submarino

Resenha: Os Segredos da Mente Milionária

2 ideias sobre “Resenha: Os Segredos da Mente Milionária

  • 24 de Maio de 2016 em 17:54
    Permalink

    Muito boa resenha. É isso mesmo, crescemos rodeados de pessoas que plantam ideias de uma mentalidade pobre nas nossas cabeças e realmente É muito difícil mudar depois. É interessante ter em mente que esses 17 modos de pensar servem para a riqueza material, mas também para a espiritual. Por exemplo: Me sinto muito melhor perto de alguém que quer resolver os problemas da vida, do que aquele que so reclama e fica esperando ajuda externa (governo, jogos, pirâmide financeira…).
    Continue postando resenhas de livro (também quero ler o Poder de ação, espero que você tenha gostado!).
    Ahh, comecei um canal no youtube com resenhas de livro, se puder da uma passadinha la também =) https://goo.gl/uxHQFM

    Resposta
    • 24 de Maio de 2016 em 18:05
      Permalink

      Fico feliz que tenha gostado!
      Gostei bastante do livro O Poder da Ação, em breve vou postar resenha dele.
      Em casa vou olhar seu canal sim, claro! Mas aqui no trabalho não tenho fone de ouvido hehehehe.

      Obrigada pela visita 🙂

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *