Essa série teve início no nosso Instagram (já seguiu lá? @blogapenasimagine) e resolvemos postar por aqui também porque os textos ficaram muito grandes para o caption do Instagram, assim, facilita a leitura:

Continuando a série do Tesouro Direto respondendo as dúvidas: qual a diferença entre investir no Tesouro e investir na Corretora? E, tenho pouco dinheiro, qual o valor mínimo de investimento no TD?

➡️ Diferença entre investir no TD e investir na Corretora:

Como falamos anteriormente, os títulos são escrituras emitidas pelo Tesouro Nacional, então na verdade você não está investindo na Corretora e sim no Tesouro Direto.

➡️ Mas então qual é o papel da corretora nessa história?

A Corretora serve apenas como uma ponte para o seu investimento. Independente de você comprar pela Corretora X ou Y, você está investindo no Tesouro por meio dessa ponte. Então você pode ficar tranquila(o) porque se a Corretora de Valores que você escolheu quebrar, seu dinheiro continua muito bem investido.
Mas é importante pesquisar bem quais são as principais corretoras, pois se escolhermos uma corretora meio duvidosa, nunca se sabe né? Então é importante acessar o site da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e verificar se a corretora está devidamente cadastrada, pois é a CVM que regulamenta todas essas empresas, assim como o Banco Central regulamenta os bancos.

Falando em bancos, atualmente a maioria dos bancos grandes (Banco do Brasil, Itau, etc) zerou as taxas para investimentos no Tesouro. Então para saber qual é o melhor meio para começar a investir, é interessante ver onde você terá o MENOR CUSTO DE TAXAS (exemplo: taxa de Ted, Doc, taxa de investimentos, etc) qualquer tipo de taxa atrelada que pode ser cobrada.

➡️ Tenho pouco dinheiro, consigo investir?

Sim, você pode investir com pouco dinheiro. Na verdade, o valor mínimo de investimento vai depender de qual título escolher. Cada um deles tem um valor diferente.
Todos os títulos são vendidos em sua totalidade (valor maior) ou em frações, a fração mínima que se pode comprar é 1% do título, então o valor mínimo será referente a 1%.

➡️ Usando exemplo dos valores disponíveis no dia 26/07:

➡️ Tesouro Selic 2025: Preço unitário (título inteiro) está R$10.655,01, isso significa que o valor mínimo de investimento dele é de R$106,55. A rentabilidade será a taxa Selic e seu vencimento em 01/03/2025. Mas lembrando que esse título você pode pegar o dinheiro quando quiser.

Outro exemplo:

➡️ Tesouro PREFIXADO 2026: Valor unitário (total) é de R$728,08, então você pode investir com valor mínimo de 36,40. Rendimento anual de 6,02%. Vencimento do título é em 01/01/2026. Esse título sofre marcação a mercado, o ideal é escolhê-lo apenas se o prazo que você precisa do dinheiro for próximo dessa data.

 

➡️ Informação importante: a taxa atrelada a todos os títulos sofre alterações diárias, conforme explicado na postagem anterior, isso significa que cada vez que você fizer uma nova compra, seu dinheiro vai render outra taxa de juros. Ou seja, se eu comprar 100 reais com a taxa de 6,02% esses 100 vão render isso, no mês seguinte eu comprei 200 reais a uma taxa de 7%, então meu dinheiro vai render: 100 reais à 6,02% + 200 reais à 7%. Assim como o IR incide baseado na data de compra, o mesmo ocorre com o rendimento (exceto quando se trata de Tesouro Selic).

➡️ Outra informação importante, você só consegue comprar FRAÇÕES dos títulos, ou seja, sempre vai ser um dinheiro quebrado, dificilmente você vai conseguir comprar 100 reais exatos, o valor fica quebrado, tipo 98,99. É bom sempre fazer o cálculo pra saber quantas cotas vai conseguir comprar.

Na próxima postagem vamos falar sobre reserva de emergência e onde é melhor investir: Tesouro Selic, Nubank ou CBD?

Está gostando da série? Diga o que está achando aqui nos comentários. Não se esqueça de compartilhar com todos os seus amigos e vamos espalhar a informação!

Série: Compreendendo o Tesouro Direto -4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *